Bixa orellana




Muito difundido no Brasil, o Bixa orellana é pouco conhecido pelo seu nome científico, tão pouco pelo seu nome popular de Urucum, mas quando se refere a um dos principais produtos originários desta planta o Colorau, a maioria das pessoas já reconhecem a planta. Velho conhecido dos índios que já faziam tintura de suas sementes e muito explorado pela indústria alimentícia por causa de seu corante natural, o Bixa orellana também faz bonito quando cultivado nos jardins.
O Urucum amarelo com seu visual diferenciado e sua cor vibrante é nativo da América tropical e assim como a variedade de frutos vermelhos conquistou os jardinistas pelo visual muito ornamental que confere aos jardins onde é empregado.
Cultivado como planta de destaque, formando maciços ou cercas vivas, o Urucum amarelo pode ser cultivado também em grandes vasos ou floreiras. O Urucum pode ser boa opção para grandes jardins, principalmente jardins de sítios, chácaras e fazendas. 
O arilo ou polpa da semente fornece dois corantes naturais: a bixina que é vermelha, e a oerina que é amarela e solúvel na água. 
Deve ser cultivado em sol pleno, com regas frequentes e não é exigente quanto ao tipo de solo, sua propagação se faz por meio de sementes ou estaquia. Não tolera geadas.






Veja Também:









Tecnologia do Blogger.