Caladium bicolor





Apresentando folhas cordiformes de até 30 cm, semelhantes as do Antúrio-cristal, o Tinhorão (Caladium bicolor) tem uma particularidade que agrada pelo visual, são folhas no tom verde-escuro com pequenas manchas branco-esverdeadas. Estas folhas conferem a espécie um visual bem ornamental quanto cultivada no jardim ou em vasos ornamentais.
O Tinhorão é uma herbácea tuberosa (tipo de raiz dilatada que acumula reservas e não produz filhotes) de até 60 cm de altura. Seus pecíolos (ramos que sustentam as folhas) nascem diretamente dos tubérculos enterrados, e a inflorescência desposta no alto de uma longa haste. Composta por uma espata esbranquiçada com base dilatada, no centro do conjunto surge um eixo carnoso e cilíndrico, que reúne as verdadeiras porém, minúsculas flores.
Nativo da região amazônica e da Mata Atlântica, o Caladium deu origem a outros cultivares que apresentam formatos, cores e manchas diversas (Caladium bicolor Hibrid Group).
O Tinhorão é típico de clima tropical quente e úmido e é bem tolerante ao frio subtropical de baixa altitude ou litorâneo. Deve ser cultivado em meia-sombra em solo rico em matéria orgânica, bem drenado e mantido sempre úmido e se tornou uma boa opção para quem deseja trazer mais cores para ambientes onde predominavam somente o verde das folhagens, como por exemplo em jardins de inverno.
O Tinhorão é reproduzido por sementes ou segmentos fatiados dos tubérculos.










Tecnologia do Blogger.