Eucalyptus deglupta - O Eucalipto arco-iris




Sabe aquelas coisas que você olha e ainda assim não acredita que exista, pois bem, o Eucalyptus deglupta pertencente a família Myrtaceae é uma delas. O tronco parece que foi pintado pelas crianças do maternal, são tantas cores vibrantes que nos saltam aos nossos olhos, dando assim origem ao seu nome popular de Eucalipto arco-iris.
O eucalipto arco-íris é uma árvore de grande porte, único representante do gênero dos eucaliptos que ocorre naturalmente no hemisfério norte, nas Ilhas da Nova Bretanha, Nova Guiné, Ceram, Celebes e Mindanau.
Em seu habitat natural atinge os incríveis 75 metros de altura e seu diâmetro pode chegar aos 240 centímetros, embora em condições normais de cultivo geralmente não passa dos 30 metros de altura.
O colorido exuberante do Eucalipto arco iris vai se revelando conforme seu tronco vai se descascando revelando assim as partes coloridas. Inicialmente a casca fina, lisa e marrom se desprende, e uma cor verde clara e vibrante aparece. Esta mancha de cor torna-se então sucessivamente verde escura, azulada, púrpura, laranja e por fim vermelha. Acontece que o processo ocorre a todo momento, formando manchas coloridas em diferentes estágios. A impressão que se tem é de que a árvore foi misteriosamente pintada, tornando-se uma verdadeira obra de arte da natureza.
As folhas do Eucalipto arco iris também são muito ornamentais, apresentando-se verde escura na parte superior e cinza no oposto, já suas flores de cor branco-creme ao amarelado, com longos estames e muito perfumadas, reúnem-se em inflorescências do tipo umbela, terminais ou axilares. As flores são numerosas e produzem néctar em abundância atraindo abelhas. O florescimento ocorre diversas vezes ao ano, com mais profusão durante a Primavera e Outono.
Multiplicando-se facilmente por sementes ou estacas, o Eucalipto arco iris deve ser cultivado sob meia-sombra ou sol pleno, aceitando diversos tipos de solos, com preferência aos drenáveis, profundos, enriquecidos com matéria orgânica e irrigados regularmente por pelo menos dois anos após o plantio. É resistente a curtos períodos de estiagem por causa de suas raízes profundas, tolera geadas leves, mas perece sob o frio intenso, não sendo muito indicado para climas temperados ou mais frios. O Arco iris aprecia muito o calor e a umidade dos climas tropicais.
Tolera bem a salinidade de regiões litorâneas sendo uma boa opção para estes locais, porém não é adequado às regiões semi-áridas. Diferente de outras variedades de Eucalipto, o Arco iris é muito sensível ao fogo.
O Eucalipto arco-íris é uma excelente escolha para formar alamedas em largos caminhos, porém deve-se ter em mente a preocupação com o espaço requerido pela planta e sua proporção com relação a construções próximas. O ideal para utilizá-lo no paisagismo é cultivando-o em amplos jardins, assim como em praças e parques, distante de tubulações enterradas, muros, casas e fiações. Seu crescimento é rápido e não exige muitos cuidados depois de bem estabelecida. Nas Filipinas é uma das principais árvores destinadas à produção de celulose para papel. Ao contrário de outras espécies de Eucalyptus, o eucalipto arco-íris não produz óleos aromáticos. Por ser uma espécie rústica e pioneira ela é utilizada com sucesso em áreas de reflorestamento com solos pobres, arenosos ou de recente atividade vulcânica.






Nome Científico: Eucalyptus deglupta
Sinonímia: Eucalyptus naudiniana, Eucalyptus schlechteri, Eucalyptus multiflora
Nomes Populares: Eucalipto Arco-íris, Eucalipto-da-nova-guiné, Eucalipto-das-filipinas
Família: Myrtaceae
Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais
Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Tropical
Origem: Filipinas, Indonésia, Nova Guiné, Oceania
Porte: acima de 12 metros
Multiplicação: sementes, estaquia
Luminosidade: Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene
Cuidados: Tolera geadas leves, mas perece sob o frio intenso













Tecnologia do Blogger.