Ascocentrum miniatum





Plantas de comportamento geralmente monopodial, ou seja, crescem no sentido vertical, sustentando duas fileiras de folhas e vários racemos de flores, a Ascocentrum é originário do sudoeste asiático e da cordilheira do Himalaia. Este gênero apresenta apenas 5 espécies de pequenas orquídeas epífitas, muito valorizados por causa da beleza de suas flores em tons brilhantes de laranja, rosa ou vermelho. Estas espécies são muito utilizadas para hibridações com espécies do gênero Vanda, para formar orquideas conhecidas por Ascocenda.
Entre elas a mais conhecida é a Ascocentrum miniatum, originária de Java e das Filipinas. É uma espécie pequena e normalmente de folhas suculentas ou ainda com textura de couro, medindo entre 10 e 15 centímetros de comprimento. As hastes florais nascem nas axilas das folhas em cachos com até 50 flores, medindo aproximadamente 2 centímetros cada uma, variando do amarelo ao laranja-avermelhado.
No seu cultivo precisam de muita luminosidade e alta umidade todo o tempo. Desenvolvendo-se melhor quando plantadas em vasos de barro, com xaxim desfibrado ou fibra de coco. Durante os meses de Verão, necessitam de regas diárias, exceto nos dias nublados. 
Mensalmente é necessário adubá-la com fertilizante líquido, misturado diretamente na água das regas, na proporção de uma colher de chá para cada litro de água, ou conforme a recomendação do fabricante. 
Dica: No Inverno seria aconselhável reduzir a frequência das regas e suspender as adubações.








Tecnologia do Blogger.