Hedera canariensis




A Hedera canariensis é uma espécie de trepadeira originária da África que serve também como excelente forração substituindo gramados, principalmente sob a copa das árvores onde dificilmente os gramados se desenvolvem. Ficou conhecida popularmente no Brasil como Hera da Algéria.
Apresenta raízes adventícias, que utiliza para subir e fixar-se sobre suportes, e folhas largas e trilobadas, com recortes pouco profundos, de coloração verde com nervuras claras. Não necessita tutoramento. Ocorrem ainda cultivares de folhas variegadas de amarelo e branco assim como, de porte anão. Estas últimas, em floreiras, combinada com gerânios e outras flores tem um efeito pendente bastante interessante.
Seu cultivo deve ocorrer em ambientes de pleno sol ou à meia-sombra, sendo pouco exigente quanto ao substrato e é bem tolerante ao frio. Multiplica-se por estaquia. A Hera da Algéria presta-se também à função de proteger taludes.




Nome Científico: Hedera canariensis
Nomes Populares: Hera-da-algéria, Hedera, Hera, Hereira
Família: Araliaceae
Categoria: Forrações à Meia Sombra, Forrações ao Sol Pleno, Trepadeiras
Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical
Origem: Açores, África, Europa, Ilhas Canárias
Altura: 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros
Solo: Se adapta a todos os tipos
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene
Multiplicação: Estaquia
Curiosidades: Ocorrem variedades variegadas





Veja Também:




Tecnologia do Blogger.